quarta-feira, 23 de julho de 2014

O Cúmulo do Absurdo: Líder do Estado Islâmico ordena que se faça mutilação genital em mulheres


O líder do Estado Islâmico ordenou a prática da mutilação genital nas mulheres do califado proclamado por sua organização

O chefe do Estado Islâmico (EI), Abu Bakr Al-Baghdadi

Abu Bakr Al-Baghdadi: EI justifica ação para "cuidar" da sociedade muçulmana

Beirute - O líder do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), Abu Bakr al-Baghdadi, ordenou a prática da mutilação genital nas mulheres do califado muçulmano proclamado por sua organização, segundo um comunicado de seu organismo legal na província síria de Alepo.

Na nota, publicada na internet, a Comissão da Legitimidade em Alepo explica que a ordem "é de cumprimento obrigatório em todas as cidades e regiões", sob controle dos extremistas.

O EI justifica a medida por seu empenho em "cuidar" da sociedade muçulmana e evitar "a expansão da libertinagem e da imoralidade" entre as mulheres.

Para isso, exige que se pratique a mutilação genital das mulheres como - diz - "se fazia antigamente na cidade sagrada saudita de Medina".

O texto deu como exemplo um "hadiz" (dito) do profeta Maomé que narra um encontro que teve um dia com uma mulher que se queixou de que sofreu a ablação e ele lhe respondeu que era bom para ela.

O comunicado do EI, cuja autenticidade não pôde ser comprovada, data de 11 de julho e informa que é da Comissão Legal do Estado Islâmico do Iraque e o Levante, como a organização se chamava antes.

O grupo reduziu seu nome no final de junho quando proclamou um "califado" no Iraque e na Síria, após ter conseguido avançar tanto em território sírio como em iraquiano.

Malafaia versus PT



Silas Malafaia decidiu partir para cima do PT em seu programa de TV que vai ao ar logo mais. O pastor vai acusar o partido de perseguição política por colocar a Receita Federal para investigá-lo.
Em quase quinze minutos de vídeo (Veja acima), Malafaia revela que desde 2013 o Fisco brasileiro abriu seguidos procedimentos para investigar a Associação Vitória em Cristo, instituição comandada pelo pastor. Mesmo com uma das investigações finalizada sem encontrar qualquer irregularidade nas contas da igreja e outros negócios, a Receita – acusa Malafaia – fazia novas investidas na Associação, muitas vezes solicitando documentos idênticos aos pedidos anteriormente.
Eis algumas frases de um Malafaia indignado com o PT:




- Quer me investigar, me investigue. Dizer que pastor é ladrão é fácil.
- Vou dar uma sugestão ao governo do PT. Por que não manda investigar o filho do Lula que era um pobre rapaz (…) e hoje é um milionário?
- A cúpula deste partido está na cadeia na maior roubalheira da história deste país

 
 
Por Lauro Jardim

domingo, 20 de julho de 2014

Rubem Alves: Lembranças pouco agradáveis

Patrulhamento teológico, ou responsabilidade cristã?

Ensaio a propósito do falecimento do escritor Rubem Alves (1934-2014)
Rubem Alves (Foto: Instituto Rubem Alves)

“... exortando-vos a batalhardes diligentemente pela fé que uma vez por todas foi entregue aos santos”. Judas 1.3
Vivemos em meio a heresias e distorções do cristianismo histórico, e somos impelidos, pela própria Bíblia a, repetidamente, reafirmar os ensinamentos das Escrituras. É verdade que por vezes cansamos e chegamos a duvidar se vale a pena gastar tempo em tanta discussão. Alguns críticos, neste nosso blog, várias vezes aventaram se não estávamos forçando um pouco a barra em cima dos liberais. Deveríamos falar de outras coisas; de pontos mais positivos. 
É verdade que ninguém gosta muito de controvérsia. Apesar de umas poucas pessoas darem a impressão de serem alimentadas por dissonâncias de opiniões, a grande maioria, principalmente do Povo de Deus, procura a concórdia e a harmonia. Não nos sentimos bem discutindo questões a toda hora e isso é um reflexo de que Deus nos tem chamado “à paz” (1 Co 7.15). No entanto existe “paz” que pode ser enganosa, superficial e até mortal. Controvérsias doutrinárias, por mais desagradáveis que sejam, ocorrem no seio da igreja. Muitas vezes somos sugados a uma batalha que não nos alegra, nem representa o nosso desejo. Estas ocorrem na época e na providência divina, exatamente para nos testar, para que o nosso testemunho possa ser renovado, para que aqueles que introduzem falsos ensinamentos sejam revelados e identificados na igreja visível. A história já provou como a doutrina verdadeira é depurada, triunfa e é cristalizada e esclarecida às gerações futuras, no cadinho da controvérsia.
Como bem indica Judas 1.3 (acima), esta é uma luta não só de especialistas ou de algum "clero especializado, mas de todos nós. Temos que ter a consciência de que vivemos uma batalha na qual nossas mentes e corações são testados pelas mais diferentes correntes de pensamento. Ela é vencida quando brandimos a Espada do Espírito – a Palavra de Deus; quando nos empenhamos no estudo das Escrituras e enraizamos suas doutrinas nas nossas vidas, de tal forma que vamos ficando equipados a reconhecer o erro e seus propagadores. Sempre mantendo uma postura cristã no trato, devemos ter firmeza doutrinária sobre o que cremos, principalmente porque existem aqueles que não possuem o mínimo apreço pela Bíblia, mas sorrateiramente possuem seguidores em nossos arraiais.

Um grande exemplo claro disso foram os convites que eram feitos ao famoso educador, escritor e ex-pastor Rubem Alves para conferências e palestras em igrejas presbiterianas, nos no início deste século (>2000). Ele estava sendo convidado, apresentado e reverenciado em certos círculos presbiterianos e isso motivou até uma decisão do concílio maior da igreja - para que ele não tivesse a plataforma eclesiástica, contra a qual havia se pronunciado e se insurgido em tantas ocasiões. Agora, com o seu falecimento neste dia 19 de julho de 2014, ressurgem pronunciamentos enaltecendo não apenas as qualificações literárias do falecido, mas também a presença de um suposto espírito cristão elevado e uma mensagem essencialmente cristã em suas palavras e textos.
Ora, ninguém disputa as grandes qualificações acadêmicas e o enorme talento que o Sr. Rubem Alves possuiu. Ele encantou multidões, principalmente educadores, com suas palestras e livros de histórias. No entanto, como desconhecer que foi uma pessoa que abjurou publicamente da fé? Como ignorar que ele, tanto explicitamente como nas entrelinhas, propagou uma mensagem destrutiva contra os ensinamentos da Palavra de Deus? Se a situação de tietagem teológica equivocada estava se alastrando a um ponto em que o Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil, definiu explicitamente que ele não deveria ocupar púlpitos da denominação, será que com a sua morte haverá o esquecimento disso e caminhamos para uma quase "canonização" protestante? É claro que o seu nome é alvo da abordagem politicamente correta que, em ocasiões do falecimento, oblitera as falhas e exalta as virtudes, mas o problema é que essa visão enaltece pronunciamentos metafísicos do Rubem Alves, que são letais para a alma. Não podemos passar às gerações à frente a ideia de que tombou no campo de batalha um grande general, ou mesmo soldado, cristão, que foi injustiçado ou incompreendido em suas proposições.

Se você duvida da propriedade dessa análise (ou até da decisão conciliar da Igreja Presbiteriana), veja algumas frases que Rubem Alves proferiu, em 2004, em uma igreja presbiteriana do Rio de Janeiro que o havia convidado para uma cerimônia (pasmem!) de comemoração da Reforma do Século 16 – logo ele, que é contra tudo o que os reformadores ensinaram. Disse ele: “... Deus criou o homem e viu que era bom. Ser homem deve ser, na realidade, melhor do que ser Deus tanto que Deus se encarnou como homem. Somente um Deus cruel e sádico enviaria seu próprio filho para morrer daquela forma para pagar os pecados humanos. Essa ideia é construção do medievalismo. Acho que Deus quis ser homem porque ser homem deve ser melhor do que ser Deus”.

Acho que dá para entender por que não podemos deixar passar esse resgate de sua biografia em branco. Faz parte do "batalhar pela fé". Deus é todo-poderoso e não precisa de nós para cumprir seus propósitos. Na realidade, é o próprio Cristo que nos ensina que “as portas do inferno” não prevalecerão sobre a sua igreja. No entanto, é a sua Palavra que nos comissiona a vigiar e orar; a estarmos alerta porque Satanás está nos rodeando, almejando a nossa queda. Que Deus nos capacite e nos dê discernimento sobre a multidão de ensinamentos falsos que estão infiltrados no meio dos evangélicos pela ação dos falsos mestres. Rubem Alves pode ser lembrado como um grande escritor e exímio contador de estórias, mas nunca como um teólogo, ou como alguém que tinha uma mensagem verdadeira das coisas espirituais.

terça-feira, 8 de julho de 2014

Eis a nação!

Por Micheline Gomes

Eis a história de uma nação repleta de corruptos, ladrões e injustiças. Onde o pobre povo que criou uma pátria de chuteiras chamada Seleção Brasileira de Futebol que, por cinco vezes deu alegria as pobretonas como eu. 

Eis a história de uma nação que chorou há 20 anos o falecimento daquele que aos domingos pela manhã nos fazia chorar de alegria, um brasileiro chamado comumente como os muitos de Silva( Ayrton Senna). Eis a história de uma nação que tem o orgulho de ser campeã em vários esportes, Vôlei, Tênis, Basquete, etc. Eis a nação que tem orgulho de cantar o seu hino belíssimo tanto em letra e música nos eventos esportivos a plenos pulmões.

Eis a nação que prefere se orgulhar de um jogador que ganha milhões, correndo atrás de uma bola do que políticos corruptos que sugam o sangue da pobre nação.
Eis a nação que não tem ordem e nem progresso, educação, justiça...

Eis a nação feita por mim, por você... E não valerá a pena manifestarem-se como bandidos, se os verdadeiros “bandidos” elegemos a cada quatro anos.

Valeu Pátria de Chuteiras! Deus abençoe o Brasil! Feliz a Nação Cujo Deus é o Senhor(Salmos 33.12)! Romanos 13 para todos em meditação!

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Não vou torcer contra a Seleção Brasileira



 Por Micheline Gomes

Embora seja contrária ao oportunismo, corrupção e manipulação do Governo Federal em relação a Copa do Mundo, quero deixar claro, que não vou torcer contra a Seleção Brasileira (Minha paixão no esporte desde que me entendo por gente). 

Meu protesto contra os governantes inescrupulosos continuará. Contudo, oro por minha nação e desejo que esta seja a Copa da Paz! Afinal, sirvo ao Príncipe da Paz(Is 9.6) e avanço nas Bem Aventuranças de que os pacificadores serão chamados Filhos de Deus!(Mt 5.9). Muita gente fala, se o Brasil for Hexa o PT continuará. Continua se cada um de nós quisermos independente de título na Copa do Mundo ou não!

terça-feira, 10 de junho de 2014

De volta ao blog!










Breve estarei postando novamente. Estive afastada com problemas de saúde. Aguardem novidades!!
O Senhor abençoe a todos vocês!

Micheline Gomes

segunda-feira, 12 de maio de 2014

O mercado gospel de Pernambuco

Quem são os principais artistas e como funciona a música religiosa em Pernambuco, um segmento aquecido, com músicos ocupados o ano todo e com projeção internacional





Festival de música religiosa Canta Recife: um encontro de grande porte chega a custar R$ 200 mil.Crédito: Thiago Uchôa/Mix Gospel/Divulgação
Festival de música religiosa Canta Recife: um encontro de grande porte chega a custar R$ 200 mil.Crédito: Thiago Uchôa/Mix Gospel/Divulgação

Considerada uma das pérolas do mercado de música gospel no estado, Eliã Oliveira é produto de uma indústria em escalada. Foi a primeira cantora apadrinhada pela Bereia Music, gravadora recém-criada pela igreja evangélica Assembleia de Deus. O selo lançou o último CD dela, A carta (2013), cujas vendas chegaram às 50 mil unidades, número alto diante dos entraves do mercado fonográfico atual. "Apesar da pirataria, cada CD é uma bênção. Não sinto dificuldades", revela Eliã.

O mercado de música gospel mostra vigor. Por ano, estima-se que, dos quase R$ 30 bilhões movimentados no consumo de produtos ligados à fé no país, de R$ 1,5 bilhão a 3 bilhões provêm de shows, discos e eventos ligados a cantores e bandas. Não por acaso, as gravadoras Warner, Universal, EMI e Som Livre lançaram selos direcionados ao segmento. E dos dez CDs mais vendidos em 2013, diz a Associação Brasileira dos Produtores de Discos (ABPD), dois eram de padres (Marcelo Rossi e Reginaldo Manzotti) e um de Damares, cantora evangélica de boa aceitação.

Em Pernambuco, o trabalho das gravadoras tateia o mercado. Enquanto a Bereia, a Revelação e a Lise Record atendem aos músicos evangélicos, os cantores católicos se lançam de maneira independente e buscam se organizar no Movimento Canta PE, com mais de 80 nomes e três anos de atuação. A demanda estimulou a Arquidiocese de Olinda e Recife a projetar uma Pastoral dos Artistas, para dar vazão ao surgimento de músicos. "Vamos utilizar o lado artístico para evangelizar", diz Ane Kely Cavalcanti, cantora.

No dia a dia, os artistas se dividem entre agenda de shows externos e atividades na igreja, como a participação em missas e cultos. No calendário anual do estado, há ao menos dez eventos fixos de música gospel. A Jornada Arquidiocesana da Juventude e o Enchei-vos, ambos católicos, são no segundo semestre, enquanto o Canta Recife e o Gospel Hits têm datas mais flexíveis. Produtor de festas do segmento, André Bonfim enxerga um mercado movimentado. "De 2009 para cá, o crescimento tem sido incrível. Chegamos a fazer três edições do Canta Recife no ano, porque existe demanda, mas, para preservar a marca, fechamos em duas", conta o proprietário da Blessing Produções. Os valores investidos para produzir eventos do tipo beiram os R$ 200 mil.

O casting é formado por artistas locais e nacionais. É quando os pratas da casa aproveitam para vender discos e todo um mercado paralelo sem números oficiais se forma. “O movimento é volátil, se expande rápido e é muito difícil mensurá-lo com precisão. O grande diferencial é que o artista de música gospel consegue agregar ao produto um valor intangível, a fé, por isso as compras relacionadas à religião são tão impulsivas e emocionais”, considera o pesquisador do Programa de Religião e Espiritualidade nas Corporações e na Economia (PRECE) Andrey Mendonça, da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP).

Seguindo os passos dos padres cantores, o pernambucano João Carlos foi dos responsáveis por impulsionar as vendas nas lojas de CDs do segmento. “Em relação ao ano passado, vendemos 10% a mais graças aos novos trabalhos de padres como ele”, pontua Ivonete Kurten, diretora da Paulinas Livraria, no Recife. Outra prova do boom da indústria gospel é Marcos Antônio, o Negrão Abençoado. Um dos cantores mais bem-sucedidos do estado, cujo cachê pode chegar a R$ 30 mil, ele passou a dialogar com o mercado secular, algo pouco apreciado pelos pentecostais, linha mais conservadora da igreja evangélica.
Em 2013, participou do DVD de Pablo do Arrocha. “O único segmento que defendo é o meu. Não existe música secular ou gospel. Música é música”, ponderou. Marcos tem 42 CDs gravados e um hit, Pai, com mais de 2 milhões de visualizações no YouTube. Fruto de uma indústria rentável, que não para de gerar astros.

+classificação das músicas

Devocionais
São músicas exaltando Deus, sem necessariamente "falar com Ele".
Pentecostais
Normalmente, falam de vitória, passar por momentos difíceis, vencer batalhas.
Adoração
Dirigem-se diretamente a Deus ou falam sobre Deus
Adoração vertical
Falam a Deus, sem guiar a audiência, como numa conversa a dois.
Louvor
Músicas mais animadas

Eles movimentam o mercado de música religiosa em Pernambuco



- As peças da
indústria gospel

Gravadoras


Enquanto o mercado de música evangélica, sobretudo o pentecostal, gera gravadoras próprias, o católico se mantém independente. Pesquisadores como Andrey Mendonça teorizam que os evangélicos criam mecanismos para manter seus artistas fora do mercado secular. A Bereia Music, Revelação e Lise Record trabalham buscando novas estrelas dentro das próprias igrejas, de acordo com agendas e vendagens de discos.

Estúdios

O Renascer Estúdio, de Rerivaldo Lira, passou a atender o público evangélico com exclusividade depois do aumento da demanda. “É mais vantajoso. São cinco artistas por mês, de forma contínua. Nossa equipe é toda evangélica. Indicamos músicos, instrumentos, damos dicas sobre voz e músicas”, ele diz. Houve crescimento de 30% na demanda. Boa parte dos músicos, no entanto, ensaia e grava em estúdios mistos, como Premier, nissom e Somax.

Internet

Marcos Antônio, o Negrão Abençoado, produziu o clipe do single Pai, gravado em uma capela, por menos de R$ 3 mil. A Edit Filmes, produtora de fora, cuidou das filmagens. O resultado foi mais de 2 milhões de visualizações. A produtora Jozart, especializada em clipes de brega, mudou o foco. Hoje, 50% das atenções se voltaram ao gospel, com fotos, DVDs e clipes. Os cenários exploram paisagens naturais, estúdios e a igreja. Orçamento não costuma passar dos R$ 2 mil por clipe.

Mídias
O espaço nos veículos de comunicação de massa abertos ainda é restrito. Localmente, a Rede Brasil, da Assembleia de Deus, abraça as próprias estrelas, sem ceder espaço para músicos de outras vertentes. É filha única. Rádios como a Evangélica FM, Maranata e Tamandaré tocam canções de artistas locais. Os católicos ficam a mercê dos nacionais, como a Canção Nova, e dividem espaços na programação da Rádio Olinda, ligada à Arquidiocese de Olinda e Recife. 
 



terça-feira, 6 de maio de 2014

O Cúmulo do absurdo: Igreja de Lanna Holder cria balada gay gospel em São Paulo



O evento atraiu homossexuais que frequentam a igreja Cidade de Refúgio

por Leiliane Roberta Lopes
 


Aconteceu em São Paulo, no dia 2 de maio, a primeira balada gay gospel promovida pela Igreja Cidade de Refúgio, fundada por Lanna Holder e sua esposa, Rosania Rocha.
O evento recebeu o nome de “Refúgio White” e atraiu não apenas gays evangélicos como também aqueles que não frequentam nenhuma religião.

O objetivo do evento, segundo Lanna Holder, era evangelizar e mostrar que os homossexuais também são amados por Deus. “Ao invés de levar o público para a igreja, nós estamos indo aonde o público está”, disse ela.

Apesar de permitir o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo, a Igreja Cidade de Refúgio não aceita a prática do sexo antes do casamento e nem o consumo de bebidas alcoólicas, tanto que durante a balada só foram oferecidos drinques sem álcool, refrigerantes e sucos.

“A Bíblia que o heterossexual uso é a mesma Bíblia que o homoafetivo, transgênero, o transexual vai utilizar, ou seja, sexo só depois do casamento”, disse Lanna Holder.

Em um vídeo de divulgação do evento ela diz que o objetivo é evangelizar e não trazer a libertinagem. Durante a balada os presentes puderam dançar com canções pop, eletrônicas e gospel e a cantora Rosania Rocha também apresentou algumas canções de louvor.

domingo, 4 de maio de 2014

Terroristas sírios crucificam cristãos; papa chora



Pesssoas observam homem crucificado em Raqqa, na Síria
Pesssoas observam homem crucificado em Raqqa, na Síria, por terroristas islâmicos

Por Reinaldo Azevedo

O papa Francisco confessou ter chorado ao saber da notícia de que alguns cristãos tinham sido crucificados na Síria nos últimos dias, disse nesta sexta-feira durante a homilia da missa que realiza a cada manhã em sua residência no Vaticano. “Eu chorei quando vi nos meios de comunicação a notícia de que cristãos tinham sido crucificados em certo país não cristão”, explicou o papa em referência ao acontecimento durante a guerra civil síria.

Citando passagens da Bíblia e a perseguição dos primeiros cristãos, o papa acrescentou que “hoje também há gente assim, que, em nome de Deus, mata e persegue”. Em relação à perseguição, Francisco lembrou que “existem países em que você pode ser preso apenas por levar o Evangelho”. Há poucos dias, o site da Rádio Vaticano publicou as declarações de uma freira, a irmã Raghida, que tinha estado na Síria e denunciou que cristãos estavam sendo crucificados em povoados ocupados por grupos de muçulmanos extremistas.

Crucificados
  Nesta quarta-feira o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, entidade civil sediada em Londres, divulgou imagens que seriam de cristãos crucificados publicamente na cidade de Raqqa, no norte da Síria. A imprensa internacional não conseguiu provar a autenticidade das fotos nem quando teriam ocorrido as crucificações. Também não está claro se os homens foram mortos antes ou durante a crucificação.

Segundo a entidade, as mortes teriam sido obra do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL), um grupo extremamente radical que sofre ataques inclusive de outras milícias muçulmanas que não concordam com suas ações. Ainda segundo o Observatório Sírio, os homens crucificados teriam realizado ataques com granada contra um dos militantes do grupo no início deste mês. Em uma faixa amarrada em torno de um dos homens mortos há a mensagem em árabe: “Este homem lutou contra os muçulmanos e jogou uma granada neste lugar”.

No início deste ano, os cristãos de Raqqa foram informados pelos rebeldes extremistas de que eles teriam de começar a pagar um “imposto de proteção”. Sua liberdade de culto também foi controlada drasticamente pelos membros do EIIL, que proibiram os cristãos de exibir símbolos religiosos fora das igrejas, orar em público, badalar sinos em templos, entre outras restrições.

Pastor Cesino admite que havia drogas e prostituição nos Gideões









A 32ª edição do Congresso Gideões Missionários da Última Hora que esta acontecendo em Camboriú/SC, teve em março um vídeo/denuncia do pastor e cantor Juninho Lutero revelando escândalos nos bastidores da organização. As denuncias foram confirmadas pelo pastor líder do Gideões. -Confira, assista, ORE e comente…







Usando espaço em um dos cultos que estava em andamento no 32º Congresso Gideões Missionário da Última Hora/2014, o líder da Igreja Assembleia de Deus de Camboriú e coordenador responsável pelo Gideões pastor Cesino Bernardino, fez um comentário a respeito de escândalos envolvendo pastores que estiveram no púlpito do Gideões pregando.


O fato se deu após um vídeo/denúncia postado pelo pastor e cantor Juninho Lutero, que através de uma letra de rap, cantado pelo próprio e participação de sua esposa, expuseram algumas situações envolvendo pregadores, cantoras e organizadores do Congresso Gideões Missionários da última Hora. Denúncias que levaram a muitos questionamentos nas redes sociais sobre a sua veracidade, mas em todo o tempo o pastor Juninho afirmava ter provas.

Após a postagem outros vídeos sobre as denúncias estiveram em evidência durante os dias que antecediam o congresso nas sociais, como o vídeo do pastor Otoni de Paula, que denuncia o pagamento de 50 mil para pregar no Gideões e assim fazendo com que o líder do congresso Gideões Missionários da Última Hora assumisse, acreditamos que pela primeira vez, publicamente que no congresso havia drogas, alcoolismo e prostituição entre pregadores nos bastidores do maior encontro pentecostal do país em Camboriú, mas não citou o referido pagamento de 50 mil.


O pastor Juninho Lutero no Facebook comenta o depoimento através do vídeo do pastor Cesino dizendo:

“Além de provas, mais depoimentos: DESSA VEZ DO LÍDER DO CONGRESSOS. Depois de provas e convencimento pelo Espírito Santo: O PRÓPRIO LÍDER DOS GIDEÕES ADMITIU PUBLICAMENTE QUE MUITOS PREGADORES SUBIRAM BÊBADOS NO ALTAR E QUE SE PROSTITUÍAM COM CANTORAS em motéis durante o congresso. Agora, vamos orar para que DEUS sustente o Pastor Cesino e lhe dê forças para dar um BASTA a babilônia eclesiástica que se tornou o GMUH. -Vamos orar para que DEUS tome a direção mais uma vez deste congresso.”

Assista momento que o pastor Cesino admite ter tidos alguma situações no congresso que confirmam as denúncias e comente…

NOTA: É de conhecimento da grande maioria dos cristãos/evangélicos que a Palavra do Senhor (Versão RA), nos alerta sobre os falsos profetas:  Mateus 24 vs.11 e 24 diz “levantar-se-ão muitos falsos profetas e enganarão a muitos.” “porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos.” e nos orienta em 1 João 4 vs.1 “Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.”, fiquemos portanto vigilantes e em constante oração pedindo sabedoria a Deus, para que não venhamos ser enganados pelos falsos profetas e falsos mestres, os quais são citados em: 2 Pedro 2 vs 1 “Assim como, no meio do povo, surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão, dissimuladamente, heresias destruidoras, até ao ponto de renegarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição”. – Amém…